por Amarilio Neto em 26 Janeiro, 2018
7 min read

O azul de Zanzibar levaram Pepeu Gomes e Morais Moreira a escreverem a música “Zanzibar (As Cores)”, um ótimo motivo para incluir o arquipélago à sua lista de lugares a serem visitados. Porém, não são só suas águas que encantam: Zanzibar também é conhecido pelas cores de seu artesanato e por ser a ilha das especiarias. Que tal saber mais sobre esse incrível destino e começar a organizar uma viagem para o lugar das sensações?!

Arte africana exposta em um beco de Stone Town

Arte africana exposta em um beco de Stone Town

Zanzibar é um arquipélago localizado no Oceano Indico, próximo a costa da Tanzânia, formado basicamente por duas ilhas principais, Zanzibar (Unguja) e Pemba. Apesar de fazer parte do território tanzaniano, o arquipélago tem status de semiautônomo, elegendo seu próprio presidente. Sua história está ligada diretamente aos povos árabes, por isso mais de 95% de sua população é mulçumana e possui um forte mercado de especiarias, já que no passado era ponto de produção e de exportação. Foi e é uma das ligações entre África e Arábias.

Cultura e clima

Um barco tradicional nas águas de Nungwi Beach, Zanzibar

A cultura de Zanzibar é riquíssima, uma junção da cultural local com a cultura das Arábias, Persa e podemos dizer que até da China. A língua oficial é o Swahili, mas o inglês é bem falado em razão da influência britânica. No que tange ao clima, por ser tropical pode ficar muito quente e úmida no verão, com algumas pancadas de chuva para refrescar o tempo. A época de chuva é meados de março a junho. Também há uma temporada de chuva mais curta de setembro a novembro. Para sorte, o arquipélago é considerado um “all-year-destination”, ou seja, pode-se aproveitar suas maravilhas durante todo o ano.

Documentação e moeda

Vista do oceano através de um edifício, Stone Town

Vista do oceano através de um edifício, Stone Town

Quanto a moeda, a moeda local é o Xelim da Tanzânia. A maioria dos grandes estabelecimentos aceitam os principais cartões de crédito, Visa e MasterCard são os mais aceitos, o que significa que não há com que se preocupar em relação a isto, até porque ainda se pode levar dólares americanos ou euros para realizar o câmbio in locu.

Para entrar em Zanzibar os documentos necessários que se deve apresentar são: os bilhetes de retorno, passaporte com validade de pelo menos 6 meses contados da data da volta, certificado internacional de vacinação contra a febre amarela e visto. Esse visto pode ser obtido em qualquer embaixada da Tanzânia no pais de sua origem ou diretamente com os agentes alfandegários no momento da entrada no país (visa-on-arraval). Aconselho entrar em contato com a embaixada no seu país e origem e verificar a possibilidade de retirada do visto anterior a viagem.

Como chegar até Zanzibar e locomoção interna

Anfiteatro em Stone Town, Zanzibar

Anfiteatro em Stone Town, Zanzibar

Partindo do Brasil o jeito mais fácil de se chegar a Zanzibar é via África do Sul, pois não há voos diretos do Brasil para o arquipélago. O voo internacional entre São Paulo e Joanesburgo é feito pela South Africa Airways ou Latam. De Joanesburgo pode-se voar direto para Zanzibar, porém não há voos diários. Uma outra forma é voar até Dar Es Salaam (DAR), principal cidade da Tanzânia, trecho operado por várias cias aéreas, e dela pegar um voo doméstico até Zanzibar ou podendo ainda utilizar o serviço de ferry, sabendo que o voo dura apenas 20 minutos e o trecho de ferry é feito em 2 horas. Para sua locomoção interna o que se recomenda é o serviço de taxi.

O que fazer

Não há dúvidas que o que há de melhor para fazer em Zanzibar é a aproveitar as incríveis e paradisíacas praias, e não são poucas. Para isso, indicamos uma estadia de pelo menos 3 a 4 noites. A principais praias que destacamos são:

Vista de chalés em Nungwi Beach, costa norte de Zanzibar, TanzÂnia

Nungwi Beach – Uma das praias mais famosas de Zanzibar, com aguas de um tom azul estonteante e areais finas e brancas. Com o baixar da maré formam-se vários bancos de áreas.

Pingwe Beach – Mais uma praia de azul exuberante, perfeita para o snorkel pois há uma barreira de corais. Excelente para a pratica de kite surf. É nesta praia que se encontra um dos restaurantes mais famosos do arquipélago, o The Rock, que com certeza é imperdível.

Mnemba Island – uma ilha com águas cristalinas e arrecifes de corais, apesar de ser uma ilha privada, é possível realizar um passei de barco para aproveitar suas águas quentes e claras.

Vista aérea da Ilha de Pemba

Vista aérea da Ilha de Pemba

Na Ilha de Pemba os visitantes podem mergulhar com tubarões-baleia, mergulhar entre corais coloridos e manter um olhar afiado para o hipopótamo-pigmeu enquanto se atravessa florestas de manguezais.

Arquitetura em Stone Town, Zanzibar

Arquitetura em Stone Town, Zanzibar

Além de aproveitas as praias, você também pode se maravilhar com tudo que Stone Town tem a oferecer. É capital de Zanzibar e foi considerada Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO. A margem da cidade de Stone Town é pontilhada com construções arquitetônicas e tradicionais como o Forte Velho e a Casa das Maravilhas, essa antiga área contém mercados locais, uma arena para pequenos shows e um museu Da Swahili e da cultura de Zanzibar e é reconhecida como o núcleo histórico e cultural da capital.

É lá que você pode desfrutar das especiarias, cujo os seus cheiros dominam a cidade de pedra. Com uma forte influência árabe, a arquitetura local encanta, sem fala na hospitalidade do povo. Uma curiosidade que poucos devem saber, o cantor Freddy Mercury nasceu nesta cidade e sua casa, é claro, tornou-se ponto turístico.

Afora o listado acima, existem inúmeras atividades que podem ser feitas por toda Zanzibar, o interessante é se perder e se descobrir em meio a cultura e belezas naturais que fazem desse arquipélago ser um paraíso na terra.

Onde ficar

Nossos consultores, especializados em Zanzibar, que já estiveram por várias vezes neste incrível arquipélago, indicam 2 majestosos resorts para se hospedar e elevar sua experiencia.

Kilindi Zanzibar

Pavilhão externo de Kilindi Zanzibar

Pavilhão externo de Kilindi Zanzibar

Um luxuoso hotel boutique em um paraíso na costa norte do arquipélago. O minimalismo escandinavo misturado aos surpreendentes traços arquitetônicos do Oriente Médio fazem deste hotel algo surpreendente. Persianas brancas cobrem amplas janelas de vidro em formato de arco que proporcionam vistas espetaculares do Oceano Índico, essa sim é a materialização de uma cena de cinema. Um ponto alto desse hotel são as suas comodidades de grande luxo e requinte e as atrações gastronômicas, que pode ser desfrutas em praias no mais estilo exclusivo e privado.

Mnenba Island Lodge

Experiência gastronômica em Mnemba Island Lodge, Zanzibar

Experiência gastronômica em Mnemba Island Lodge, Zanzibar

O Mnemba Island Lodge é um paraíso à beira-mar situado ao longo da costa nordeste de Zanzibar. O destino perfeito para quem procura um refúgio romântico, onde você poderá vivenciar uma experiência ímpar em termos de requinte e privacidade. A ilha a qual o hotel está localizado, a Mnenba, é uma ilha privada com aguas de um azul incrível e uma abundante vida marinha.

Quer saber mais, tanto sobre este incrível destino ou sobre outros hotéis para se hospedar e começar a planeja sua ida a Zanzibar, entre em contato com nossos especialistas e encante-se com as cores, cheiros e sabores de Zanzibar.

Veja aqui também outras indescritíveis ilhas africanas que com certeza irão inspirar suas próximas férias.

Foto do cabeçalho: Javi Lorbada