por Nathalia Marangoni em 12 Outubro, 2018
5 min read

Nos próximos 80 anos, as ilhas Seicheles e as ilhas Maldivas, no Oceano Índico, poderão não estar mais entre nós. Isso porque a elevação do nível médio do mar causado pelo derretimento de geleiras e das calotas polares – consequências do devastador aquecimento global – farão com que essas ilhas sejam engolidas pelo oceano e, infelizmente, desapareçam do mapa. Por isso, separamos alguns motivos para você conhecer esses dois paraísos nas Terra, enquanto eles ainda podem ser visitados.

Ilhas Maldivas

Ilhas: 26 atóis, 1190 ilhas coralinas
Área: 298km2
População: 340.000
Melhor época para visitar: de dezembro a abril
Atividades: mergulho, snorkel, relaxar na praia

Golfinhos são fotografados perto de deck de madeira nas Maldivas

Golfinhos são fotografados perto de deck de madeira nas Maldivas

Uma pitoresca cadeia de atóis no Oceano índico compõem a República das Maldivas. Malé, sua capital, figura frequentemente na lista de cidades mais densamente povoadas do mundo – não é de se surpreender, considerando seu tamanho minúsculo! Esta capital minúscula é o núcleo vibrante do país insular e atua como a porta de entrada para os resorts e refúgios paradisíacos que atraem turistas ano após ano em busca de férias relaxantes longe do agito da grande cidade.

Tartarugas e peixes nadando no Oceano Índico ao redor das ilhas Maldivas

Tartarugas e peixes nadando no Oceano Índico

Os habitantes originais da ilha eram uma antiga comunidade de pescadores que se estabeleceram nas margens dos rios nas proximidades. Nos séculos que se seguiram, a ilha foi exposta ao budismo, o islamismo, e foi, entre outras coisas, um protetorado britânico e uma parceira comercial dos portugueses. Sua história colorida é refletida nas inúmeras mesquitas espalhadas pela ilha, no Sultan’s Park e no Museu Nacional, e na tumba de Muhammad Thakurufaanu nas proximidades.

Mercado de rua em Malé, nas Maldivas

Mercado de rua em Malé, nas Maldivas

Como as Maldivas possuem algumas das melhores praias do mundo, este é um popular destino turístico para casais. Cada resort nas Maldivas é a sua própria ilha privada, e com mais de 100 em oferta, o único problema será escolher onde você vai querer ficar; mas faça isso rápido: de acordo com um artigo publicado pelo Business Insider, as Maldivas formam o país mais baixo do mundo; em média, suas ilhas estão a apenas 1,3 metros acima do nível do mar.  A preocupação sobre o futuro do arquipélago é tamanha, que o governo do país realizou, em 2009, a primeira reunião subaquática do mundo parar falar sobre a elevação do nível médio do oceano.

Ilhas Seicheles

Ilhas: 115
Área: 459km2
População: 89.000
Melhor época para visitar: durante o ano inteiro
Atividades: excursões por ilhas diferentes, mergulho, snorkel

Vista área das Seichelles

Vista área das Seichelles

Longe da costa da África Oriental a uma distância de 1.600km ao leste do Quênia , 115 ilhas e ilhotas são as jóias reluzentes que incrustam o colar que é o arquipélago de Seicheles. Esta pequena nação insular do Oceano Índico é lar de algumas das melhores praias do mundo e está situada ao nordeste do Madagáscar.

Snorkelling em Seicheles é uma experiência fantástica

Snorkelling em Seicheles é uma experiência fantástica

Este é, definitivamente, o paraíso tropical que você achava que só existia em filmes. Passe seus dias descobrindo atóis (ilhas oceânicas em forma de anéis) e suas lindas praias, enquanto as ilhas maiores florescem com bungavílias coloridas, frangipanes, hibiscos e palmeiras. As águas cristalinas do Parque Marinho de Saint Anne são compostas por seis ilhas cercadas por uma ampla variedade de vida marinha, cujo delicado ecossistema é protegido com afinco, revelando um verdadeiro espetáculo a ser desfrutado.

Vista panorâmica da costa de Mahe, Seicheles

Vista panorâmica da costa de Mahe, Seicheles

As Seicheles são ideais para passeios por diferentes ilhas. Esta é uma experiência fantástica e uma maneira muito popular de conhecê-las, seja de avião, cruzeiro ou iate particular. Os principais destinos são a Ilha de Mahé, que é a ilha principal, a Ilha de Praslin e a Ilha La Digue, que é menor e mais remota.

Você pode contribuir para um futuro melhor

Close-up de peixe colorido na baía de Sainte Anne, Seicheles

Close-up de peixe colorido na baía de Sainte Anne, Seicheles

As mudanças climáticas podem impactar o oceano de formas diversas: elevando o nível do mar, colocando corais em risco e causando condições de águas turvas, com quantidades reduzidas de luz que impactam o processo de fotossíntese dos organismos autótrofos nos ecossistemas aquáticos.

Passarela de madeira leva a cabanas elevadas sobre o Oceano Índico em Maldivas

Passarela de madeira leva a cabanas elevadas sobre o Oceano Índico em Maldivas

A National Ocean Service compartilhou algumas dicas para que façamos a nossa parte na redução dos danos causados aos oceanos. São elas: consumir frutos do mar sustentáveis, evitar o despejo de produtos químicos domésticos em bueiros, reciclar produtos, dirigir o mínimo possível, reduzir o uso e a impressão de papéis e contribuir com a limpeza das praias.

Reserve conosco!

Casal caminha pela praia na ilha de Kuda Huraa, durante estadia no Four Seasons Resort, em Maldivas

Casal caminha pela praia na ilha de Kuda Huraa, durante estadia no Four Seasons Resort, em Maldivas. Foto: Four Seasons Resort

Conheça as Seicheles e as Maldivas antes que seja tarde demais. Entre em contato com nossos consultores de viagem e compartilhe seus planos – sejam eles uma viagem de lua de mel, férias em famílias ou uma experiência épica entre amigos!