Outubro 31

6 motivos para visitar as Ilhas Seychelles no Oceano Índico

Por Nathalia Marangoni em
Outubro 31, 2018

No passado, as Ilhas Seychelles foram habitadas por membros da Companhia das Índias Orientais Francesas, responsáveis por institutir o francês como sua língua oficial. Mais tarde, tornaram-se uma colônia britânica com vastas fazendas coco. Durante este período, compunham a maioria da população seus habitantes escravizaodos, falantes do crioulo. Seychelles alcançou sua independência em 1976 e agora abriga uma fusão de culturas e grandes resorts litorâneos. Leia abaixo seis das muitas razões pelas quais você deve visitar este verdadeiro paraíso na terra.

1. Nade com tartarugas

Tartaruga é vista de cima enquanto nada nos arredores da Coco Island
Tartaruga é vista de cima enquanto nada nos arredores da Coco Island

Siga para Coco Island, onde você poderá nadar com tartarugas. Mova-se com cuidado, pois as tartarugas não são as únicas espécies vulneráveis nas águas. Mergulhe para ver a infinidade de recifes de corais que tornam as Seychelles tão especiais e espie mais de 1.000 espécies de peixes, algumas das quais não são encontradas em nenhum outro lugar do mundo.

2. Percorra trilhas incríveis de caminhada

Trilha de 2,4 quilômetros entre Danzil e Anse Major, na Ilha Mahe, Seychelles
Trilha entre Danzil e Anse Major, Ilha Mahe. Crédito da foto: David Stanley/Flickr

Caminhe até o ponto mais alto da ilha principal de Seychelles, Mahe. A vista de cima é arrebatadora, proporcionando a você a oportunidade de avistar todas as ilhas vizinhas. Uma caminhada mais fácil é o Vallee de Mai, um Patrimônio Mundial da UNESCO, repleto de vida natural e lar de uma reserva que o convida a aproveitar ao máximo sua viagem a Seychelles.

3. Pule de ilha em ilha

Uma das cênicas praias da Praslin Island
Uma das cênicas praias da Praslin Island

Frete um barco e descubra Seychelles de ilha em ilha. Os habitantes locais sabem como navegar pelos recifes internos e externos da ilha com maestria, enquanto você relaxa e saboreia um pouco de champagne e desfruta de vistas tropicais radiantes. Desça do barco e encante-se com a arquitetura colonial francesa our pare em um pequeno restaurante para presentear todos os seus sentidos.

  • A Ilha Praslin possui um cassino, galeria de arte e museu. É também uma das duas únicas ilhas onde o famoso “coco de mer” cresce;
  • A Ilha Aride abriga uma reserva natural de aves, onde várias espécies ameaçadas de extinção têm sido salvos da beira da extinção;
  • A Ilha Cerf é um local de piquenique encantandor devido às suas praias tranquilas, perfeitas para calmas caminhadas

4. Saboreie a cozinha local

Pratos à base de peixe e frutos do mar são destaques da culinário criola de Seychelles.
Pratos à base de peixe e frutos do mar são destaques da culinária criola de Seychelles

Experimentar a culinária local é uma atividade obrigatória durante sua passagem por Seychelles. Delicie-se com peixe fresco grelhado, curry de polvo e uma sobremesa chamada “ladob”, que é um doce preparado tanto com batata ou banana cozida em leite de coco e especiarias. Seychelles também organiza vários festivais gastronômicos, entre eles o carnaval anual da Ilha Mahe, onde você poderá provar alguns dos melhores sabores.

5. Descontraia-se em praias particulares

Foto aérea de Anse Intendance, praia remota em Mahe
Foto aérea de Anse Intendance, praia remota em Mahe. Crédito da foto: dronepicr (link ao final deste post)

Uma impressionante experiência exclusiva na região é Anse a La Mouche, onde os organismos na água brilham depois de escurecer. Uma substância química especial causa o efeito da bio-luminescência, criando um intrigante mergulho à meia-noite. Outra opção é Bombe Bay, que você só pode acessar a pé ou de bicicleta, o que significa que geralmente não é muito lotado.

6. Aviste aves e animais

Fragata-grande pode ser vista na Aride Island
Ave da espécie fragata-grande pode ser vista em grandes quantidades na Aride Island

Seychelles é um ponto central de biodiversidade com cerca de 115 ilhas de todos os tamanhos espalhadas pelo oceano. Essas ilhas permaneceram em grande parte desabitadas até o século XVII, o que proporcionou tempo suficiente para que a vida natural florescesse na região. Explore as muitas reservas e saiba mais sobre os seus esforços de conservação de animais como o pega-rabisco-oriental e a tartaruga-de-pente. Seychelles também tem a maior concentração de tartarugas-gigantes-de-seychelles.


Reserve conosco!

Templo Hindu na cidade Victoria, capital de Seychelles
Templo Hindu na cidade Victoria, capital de Seychelles. Crédito da foto: seychelles.org

Inspirado (a) a conhecer de perto as Seychelles? Entre em contato com nossos consultores de viagem para adicionar ao seu itinerário praiano uma aventura de safári de luxo e viva o melhor dos dois mundos!

Foto do cabeçalho: dronepicr (Flickr)


Tags


você pode gostar

Safari em Botsuana no Sanctuary Retreats

Tanzânia | Parques nacionais que você precisa conhecer

Sobre o autor

Nathalia Marangoni

Nascida e criada na cidade mais populosa da América Latina, São Paulo, Nathalia tinha 13 anos quando ouviu pela primeira sobre Cape Town em um programa de TV. Depois de estudar Jornalismo, ela trabalhou por alguns anos em uma ONG dedicada ao empoderamento e empreendedorismo feminino, o que lhe permitiu viajar por diferentes regiões do Brasil, entrevistando e fotografando mulheres muito fortes. A experiência levou Nathalia a se sentir confiante o suficiente para se mudar de sua cidade natal e, finalmente, ver Cape Town com seus próprios olhos: um desejo antigo que dividiu águas em sua vida.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>