por Nathalia Marangoni em 12 Novembro, 2018
6 min read

Africa’s Photographer of the Year (APOTY), competição fotográfica promovida pela Rhino Africa em colaboração com outras marcas líderes, anunciou recentemente o vencedor da terceira categoria de 2018, “Retratos da Vida Selvagem”. Ifham Raji, do Sri Lanka, venceu a categoria com a imagem abaixo:

Foto vencedora da categoria "Retratos da Vida Selvagem" da Africa's Photographer of the Year. Fotógrafo: Ifham Raji

Foto vencedora da categoria “Retratos da Vida Selvagem” da Africa’s Photographer of the Year. Fotógrafo: Ifham Raji

APOTY busca celebrar a beleza da vida selvagem, do povo e das paisagens africanas por meio da fotografia. Com o objetivo de saber mais sobre a história por trás da fotografia acima e mais detalhes sobre o fotógrafo Ifham Raji, realizamos uma entrevista com o fotógrafo. Leia-a abaixo:

Parabéns pela sua vitória como vencedor da categoria “Retratos da Vida Selvagem” da competição Africa’s Photographer of the Year. Estamos deslumbrados pela sua fotografia. Ótimo trabalho!

Muito obrigado pelos elogios e por me conceder o prêmio na categoria “Retratos da Vida Selvagem”.

Por favor, apresente-se e conte-nos mais sobre suas viagens e vida na África?

Moro no Sri Lanka e sou um fotógrafo de vida selvagem apaixonado. Eu tenho fotografado a vida selvagem do meu país durante os últimos 35 anos. Nos últimos 5 anos, porém, senti a necessidade de mudar meu estilo e trazer variedade às minhas imagens – desafiando-me a visitar locais estrangeiros em busca de animais selvagens. Eu selecionei a África como meu principal destino de fotografia devido à sua fauna diversificada e surpreendente. Eu fui ao Masai Mara no Quênia, e na África do Sul várias vezes e eu prefiro a África do Sul devido à sua vida selvagem única em mais variados habitats.

Wildlife Portraits winner

Crédito da foto; Ifham Raji

Como você descobriu a competição Africa’s Photographer of the Year?

Eu a descobri por meio do Instagram.

Gostaríamos de saber mais sobre a história por trás de sua foto vencedora. Você poderia, por favor, nos contar mais sobre ela?

Esta imagem foi tirada na África do Sul na Reserva Privada Zimanga. Nós nos deparamos com uma matança no final da noite e encontramos abutres se alimentando dos restos. Eu sabia que se voltássemos, talvez cedo na manhã seguinte, seria possível obter alguma ação com boa luz. Confiando em meus instintos, partimos para o mesmo local bem cedo no dia seguinte e descobrimos as águia-rapace comendo a carne da matança. No meio disso, um chacal veio ao local, enquanto estávamos de vigia, e tentou afugentar as águias para se alimentar do que restou. Enquanto tentava arrastar a carcaça – que era grande demais para ser movida para outro lugar – ele começou a rasgar pedaços de carne, enquanto as águias também começaram a fazer o mesmo do outro lado. O chacal conseguiu arrancar grandes pedaços e foi até um canto para comer. Ele continuou voltando para mais.

Meu objetivo era capturar uma imagem com o chacal se aproximando, carregando partes dos restos mortais para continuar comendo – exceto pelo fato de que eu tinha que ter certeza de que minha câmera estava de frente para o chacal que se aproximava para ter uma visão geral. Isso acabou sendo um trabalho difícil, mas depois de várias tentativas, consegui capturar algumas imagens. Eu senti que essa imagem foi a melhor de todas, principalmente porque o chacal não estava apenas andando em direção à câmera, mas também olhando diretamente para ela, aliado a um forte senso de movimento mostrando esse comportamento incomum de carregar partes da carcaça.

Wildlife Portraits winner

Crédito da foto: Ifham Raji

Por que você selecionou essa imagem para o concurso? De acordo com você, o que torna uma foto digna de prêmio?

Eu escolhi esta imagem por conta do contato visual direto e o movimento do chacal se aproximando da câmera com os restos mortais. O que faz uma foto ser digna de prêmio, na minha opinião, é o momento perfeito [quando] o comportamento exibido pelo animal é raro, combinado com uma iluminação perfeita, uma boa composição e fundo que podem contar uma história inspiradora.

Do que você mais gosta sobre a natureza selvagem africana?

Eu acho que a natureza selvagem africana é única, com tanta variedade. Não apenas no que se refere a animais, mas também sobre os habitats onde os animais vagueiam, em paisagens que variam de grandes planícies, selvas espessas e arbustivas, desertos, florestas tropicais, montanhas, rios, oceanos, lagos, vulcões, etc. Diferentes tipos de fauna capazes de se adaptar a climas quentes e frios. A África é um paraíso para fotógrafos da vida selvagem e da natureza em todos os sentidos e não há lugar na terra que consiga superá-la.

Retratos da Vida Selvagem - Africa's Photographer of the Year

Crédito da foto: Ifham Raji

Quando você se envolveu com fotografia pela primeira vez? É um hobby ou você é um fotógrafo profissional?

Eu fotografo animais selvagens desde a minha infância, há mais de 35 anos. A maior parte do meu tempo foi gasto em aprender fotografia por meio da tentativa e do erro. Com o advento do digital, nos últimos 15 anos, me tornei muito apaixonado e assumi a fotografia como um passatempo mais sério. Embora a minha fotografia seja em grande parte um passatempo apaixonado, fiz uso do meu conhecimento e experiência no aperfeiçoamento desta habilidade e me aventurei compondo ilustrações para revistas, exibindo meu trabalho e publicando um livro sobre meu trabalho. Agora a prática é como uma segunda profissão para mim.

Você tem algum conselho sobre como capturar o momento perfeito?

Sim, meu conselho para o momento fotográfico perfeito é buscar um comportamento incomum ou raro, combinado com a iluminação perfeita, boa composição e fundo, criando uma imagem que possa contar uma história. Para chegar a esse momento, é preciso viajar para locais diferentes, tanto quanto possível, e tirar quantas fotos puder, porque isso fará de você um fotógrafo melhor.

Retratos da Vida Selvagem - Africa's Photographer of the Year

Crédito da foto: Ifham Raji

De acordo com você, qual é o aspecto mais belo África?

O aspecto mais bonito sobre a África é como eles administram e tratam sua vida selvagem e atraem amantes da vida selvagem e da natureza por meio de um turismo organizado, especialmente em reservas privadas de animais. Eles protegem sua vida selvagem mais preciosa e contribuem para o seu bem-estar.

O que os que viajam para a África devem adicionar às suas listas de desejos?

Eu acho que a África é um vasto continente com muita variedade, e a lista é tão grande! Mas para mim eu diria uma visita ao Okavango em Botsuana, Masai Mara no Quênia, Serengeti na Tanzânia, South Luangwa na Zâmbia, o deserto do Namibe e a África do Sul são imperdíveis para qualquer fotógrafo e entusiasta da vida selvagem.

Retratos da Vida Selvagem - Africa's Photographer of the Year

Crédito da foto: Ifham Raji

Qual animal você ainda não fotografou e gostaria de fotografar?

Eu realmente gostaria de fotografar os gorilas-da-montanha para adicionar à minha coleção.


Gostou da entrevista e deseja saber mais sobre a competição Africa’s Photographer of the Year? Visite o site do concurso e saiba como participar.