por Nathalia Marangoni em 3 Dezembro, 2018
5 min read

É comum ouvir que a melhor época para visitar o Botsuana para realizar um safári é a estação seca. Com sede, os animais se veem obrigados a congregar nas escassas fontes de água, sendo mais fácil avistá-los em meio à vegetação, que estará menos exuberante. Outros argumentam que durante a estação seca é mais fácil atravessar a paisagem sem ficar preso na mata. Faz sentido, certo?

No entanto, a chamada estação verde – que acontece entre novembro e março – também tem o seu charme. Se você se sentasse ao lado de um especialista em viagens na África durante um voo de longa distância e o enchesse de perguntas, uma informação privilegiada que você receberia é que viajar para o Botsuana durante a estação verde é um excelente negócio. É notavelmente mais barato, os avistamentos de vida selvagem ainda são excelentes e você vai desfrutar de uma experiência mais exclusiva.

Lechwe é fotografado durante safári no Botsuana

Lechwe é fotografado durante safári no Botsuana.

Se você planejar uma viagem para o Botsuana durante a estação verde, a Rhino Africa trabalhará para maximizar suas oportunidades de observação de animais escolhendo áreas que oferecem algo diferente em termos de vegetação, paisagens e atividades.

Confira abaixo oito motivos para visitar o Botsuana durante a estação verde.

1. Promoções especiais

Luxury accommodation at Green Season rates are great value

Área de boma, onde hóspedes podem realizar refeições atmosféricas ao ar livre. Foto: Duba Plains Camp

O Botsuana é um dos destinos africanos mais caros devido às suas acomodações remotas e à prioridade dada ao turismo de baixo impacto. Até mesmo as propriedades de nível básico ou padrão têm preços bastante altos. As taxas durante a alta temporada são geralmente cobradas entre meados de junho e o final de outubro (diferem ligeiramente de lodge para lodge) e as taxas só caem novamente em novembro. Há, no entanto, algumas promoções especiais incríveis que podem ser desfrutadas ​​durante a estação verde a um custo muito menor.

2. Filhotes recém-nascidos

Filhote de leão durante a estação verde no Botsuana

Filhote de leão durante a estação verde no Botsuana. Foto: Zafara Camp

A chuva significa que há muito para os animais beberem, e a vegetação em pleno florescer significa que os pássaros proliferam, assim como os insetos e os peixes. Como resultado, há uma explosão de vida. Muitas espécies escolhem o início da estação chuvosa para dar à luz, assegurando que sua nova prole terá muito o que comer.

3. Predadores precisam caçar por dois

Leoas saindo à caça durante a estação verde no Botsuana

Leoas saindo à caça durante a estação verde no Botsuana. Foto: Duba Plains Camp

Um aumento no número de filhotes de impalas significa muitas refeições para os predadores, que precisam também alimentar seus próprios filhotes. Isto significa que durante este período, os predadores precisam caçar por dois, e os antílopes recém-nascidos são as opções mais fáceis para uma “boquinha”.

4. A maioria das propriedades não cobra suplemento individual

Um cão-selvagem é avistado durante safári no Botsuana

Um cão-selvagem é avistado durante safári no Botsuana. Foto: Zafara Camp

O suplemento único é uma taxa cobrada aos viajantes que reservam um quarto individual. O valor envolvido varia de 10 a 100% da taxa de acomodação padrão. A boa notícia é que, geralmente, isso não se aplica na estação verde!

5. Uma vivência mais exclusiva

Garanta uma experiência mais exclusiva durante a estação verde no Botsuana

Garanta uma experiência mais exclusiva durante a estação verde. Foto: Jao Camp

Por não ser considerada alta temporada, a estação verde recebe menos viajantes e, consequentemente, oferece uma experiência mais exclusiva. Desfrute de excelentes safáris em magníficas regiões selvagens do Botsuana, em uma atmosfera ainda mais pacífica e tranquila.

6. Incrível experiência de observação de animais

A observação de pássaros é um deleite durante a temporada verde

A observação de pássaros é um deleite durante a temporada verde. Foto: Belmond Eagle Island Lodge

Uma grande variedade de aves migratórias chega em fevereiro e março à região, o que torna a experiência de observação ainda mais especial durante a estação verde. Todas as regiões se beneficiam disso: Kalahari, Savuti, Delta do Okavango, Rio Chobe e o pântano Linyanti atraem a sua própria gama impressionante de aves.

7. Excelente para fotografia

Homem observa elefante a partir de um deck no vertedouro Selinda Spillway, na região norte do Botsuana.

Homem observa elefante a partir de um deck no vertedouro Selinda Spillway, na região norte do Botsuana. Foto: Zafara Camp

As cores brilhantes e os céus dramáticos que marcam a estação verde oferecem excelentes oportunidades para treinar suas habilidades fotográficas. A vegetação é de um verde exuberante e o ar é cristalino. O contraste entre a pelagem natural dos predadores e as cores vibrantes do verão criam fotos impressionantes.

8. O clima

Safári em Chief's Camp no Botsuana

Safári em Chief’s Camp no Botsuana. Foto: Chief’s Camp

Os verões – especialmente de dezembro a fevereiro – são conhecidos por belos dias quentes com ocasionais e refrescantes chuvas vespertinas.


Como chegar ao Botsuana

A Airlink opera voos diários programados entre Joanesburgo, na África do Sul, e Maun, no Botsuana. De Maun, viajantes podem pegar aeronaves leves diretamrnte para seus lodges no coração de lugares como o Delta do Okavango e o Parque Nacional Chobe. Caso queira saber mais sobre como visitar o Botsuana durante a estação verde, entre em contato com um de nossos consultores de viagens.

Posts que podem ser do seu interesse:

Crédito da foto do cabeçalho: Mankwe Bush Lodge